segunda-feira, agosto 09, 2010

Comichão no nariz

Façamos esclarecimentos: não sou uma pessoa especialmente inteligente, nem especialmente dotada. Não sou burra, mas também não sou excepcional.

No entanto há uma coisa que eu realmente acho que faço bem, e isso é perceber interacções.

Sou boa a "juntar os pontos".

Seja no que diz respeito a interesses de uma pessoa que eu conheça e coisas que leio (o que dá um jeitaço para manter contacto com os amigos porque volta e meia lá mando um mail com qualquer coisa que sei que lhes vai ser útil ou que vão gostar), seja de pessoas que eu conheço e que acho que são compatíveis (adoro casamentar gente! eheh), seja de relações interpessoais (tenho facilidade em perceber o que se passa nas relações em geral, mesmo que não saiba agir nos meus melhores interesses com a maior das frequências). Também percebo com alguma rapidez quando "alguma coisa não bate certo".

Mesmo que o "que não bate certo" não seja do meu interesse, o problema é que depois me começa a martelar e volta e meia lá volta para me azucrinar. E é um problema porque depois não consigo descansar enquanto não descubro... Geralmente as respostas aparecem mais cedo ou mais tarde e eu sou muito paciente, mas outras vezes a comichão no nariz é tão forte que é difícil aguentar a curiosidade e não escarafunchar para descobrir o que se passa.

Esta é uma das vezes em que me está a custar... Mas como tenho mais que fazer...

1 comentário:

Lia disse...

somos mulheres e está tudo dito e explicado :)