quinta-feira, outubro 15, 2009

You're not in Kansas anymore, Dorothy...

A FEP é um edifício imponente. Escura, mas ampla, aposto que foi um daqueles sítios "state of the art" há 30 anos atrás quando deve ter sido inaugurada.

Hei de postar uma foto de uma sala de aula onde tenho "Economia Industrial e das Organizações": a parede "do professor" está forrada a lousa onde é possível escrever sistemas de equações a todo o comprimento (como eles gostam de demonstrar todas as aulas...) e tem luzes directamente sobre ela. As mesas são de madeira, "normais", mas as cadeiras que já foram brancas são de um design que nos anos 70/80 seria "moderno". Tudo parece retirado de um daqueles filmes ou séries americanas que se passam na Universidade.

Eu ainda agora comecei o Doutoramento e confesso que já me sinto intimidada.

Tenho medo de falhar.

Medo de não ser capaz.

Medo de não me adaptar.

Medo de não me conseguir disciplinar para fazer o que é preciso no pouco tempo que tenho.

Medo de me acomodar ao fracasso.

Um medo absurdo.

A FEP, sendo uma casa reputada, não é, para aqueles que só lá estão ocasionalmente, uma casa acolhedora. É grande. É imponente. É escura. É majestosa.

Faz ecoar aquilo que eu mais receio neste projecto: a solidão.

Sem comentários: